Inicio

Com base em regra da FIFA, Botafogo e Palmeiras pode ser anulado; entenda


Publicado em 27 do 05 de 2019 por Giovani Benedito de Sousa

Em jogo disputado no ultimo sábado, dia 25, no estádio Mané Garrincha em Brasília, o Palmeiras superou o time carioca, para isso contou com um gol de pênalti, em que foi usado o VAR para verificar se foi mesmo ou não pênalti. O Botafogo não concorda com a decisão do juiz, mesmo que ele tenha usado o VAR, e promete pedir a anulação da partida, que foi válida pela sexta rodada do Brasileirão.

O polêmico lance aconteceu no inicio do segundo tempo, primeiramente, Paulo Roberto Alves Junior árbitro da partida era de opinião que Deyverson tinha simulado a queda, depois de dividida com Gabriel ele inclusive chamou a atenção do palmeirense, para não fazer esse tipo de coisa. Mas após consultar o VAR, ele mudou de ideia, marcou o pênalti, e anulou o cartão amarelo, anteriormente aplicado.

Gustavo Gomez chamou a responsabilidade para si, cobrou e não desperdiçou a chance, esse foi o gol da vitória do Verdão, e também o único da partida. O Bota não perdeu tempo, na noite de Domingo o perfil do clube no Twitter disse de forma oficial que irá buscar a anulação da partida, por entender que o gol saiu de um lance em desacordo com regra da FIFA, e previsto no próprio VAR. Veja a nota:

Imagem: Reprodução / Twitter

Em câmera lenta é possível ver Gabriel pisando no pé de Deyverson. Ao terminar a partida o atleta do Botafogo disse que realmente houve contato com o adversário, mas não concorda com a decisão do árbitro Paulo Roberto Alves Junior de dar o pênalti.

Veja também:

Fonte: Gazeta Esportiva